O que é Eclipse? Diferença entre eclipse lunar e solar

Neste artigo você vai compreender o que é um eclipse e a diferença entre o eclipse lunar e solar.

O fenômeno do eclipse solar só pode ocorrer na fase de Lua Nova, pois é nessa fase que a Lua encontra-se entre a Terra e o Sol. Além disso, a Lua precisa atravessar o plano orbital da Terra, o que ocorre apenas duas vezes ao ano em razão da inclinação do seu eixo de deslocamento em relação ao eixo terrestre, que é de 5 graus. Se essa inclinação não existisse, sempre que houvesse Lua nova haveria um eclipse solar.

Dificilmente ocorrem dois eclipses solares com características idênticas, isso se deve ao grau de inclinação da órbita lunar e também da distância da Terra com a Lua e com o Sol durante o fenômeno astronômico.

Classifica-se os eclipses solares em:

Eclipse solar total:  quando toda luz do Sol é ocultada pela Lua.

Eclipse solar parcial: quando apenas parte da luminosidade solar é ocultada pelo disco lunar.

Eclipse solar anelar: quando o tamanho da Lua não é o suficiente para encobrir toda a área do Sol forma um “anel” em volta do satélite natural da Terra. Imagem central.

Eclipse híbrido: quando o eclipse é total em alguns pontos de visão e anelar em outros em virtude do grau de inclinação da órbita lunar.

CURIOSIDADE

Em 1995 o Pink Floyd lança um disco chamado P.U.L.S.E o disco de rock com uma das capas mais bonitas que eu já vi. No dia que eu tiver dinheiro irei comprar o vinil desse disco que é sensacional, mas vamos entender essa ilustração.

O que você vê é um disco imitando um globo ocular com o Sol sofrendo eclipse substituindo a íris. Essa capa tem uma relação imensa com o filme O mágico do Oz, essa referência depois nós falaremos.

Share on whatsapp
WhatsApp
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter